Paraíba - Data de publicação 28/10/2013 11:34

Para se candidatar nas eleições de 2014, seis secretários deverão deixar o Governo Ricardo Coutinho; Veja

Para se candidatar nas eleições de 2014, seis secretários deverão deixar o Governo Ricardo Coutinho; Veja
Pelo menos seis auxiliares do primeiro escalão do Governo devem deixar os cargos até abril do próximo ano para se candidatar a uma vaga nas eleições 2014.

A saída provocará uma reforma administrativa pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) nos próximos meses. Há quem diga que as mudanças devem ocorrer ainda em dezembro, mas os auxiliares do socialista negam.

O secretário-chefe da Casa Civil, Walter Aguiar, disse que a definição sobre as mudanças no secretariado caberá a Ricardo Coutinho. “No tempo certo o governador decidirá essa questão”, afirmou. Ele declarou que é natural que algumas mudanças ocorram, tendo em vista que alguns secretários já têm mandato, a exemplo de Manoel Ludgério e Adriano Galdino – e outros pretendem entrar na disputa eleitoral.

O prazo de desincompatibilização dos cargos públicos, para quem pretende disputar o próximo pleito, é abril de 2014. “Quem tem prazo tem tempo”, declarou Walter Aguiar, dando indícios de que Ricardo Coutinho não deve ter pressa para mexer secretariado.

A secretária de Comunicação Estela Bezerra é uma das auxiliares que deve disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa. “Temos até abril, mas existe uma possibilidade de fazer a desincompatibilização em dezembro. Porém, essa decisão deve ser tomada em conjunto com o governador, mas possivelmente eu possa vir a me afastar antes do prazo determinado pela Justiça Eleitoral”, adiantou.

Já o secretário de Agropecuária e Pesca, Marenilson Batista, que também pretende brigar por uma vaga de deputado estadual, afirmou que só deve deixar o cargo em 2014. “No momento nós temos que trabalhar e fazer o melhor pelo governo”, declarou.

Com relação ao prazo determinado pela Justiça Eleitoral, ele afirmou que se for preciso ficará até o último dia. “Estou trabalhando pelo governo e tenho que fazer com que as coisas cheguem ao povo”, destacou.

À disposição

Atual secretário-chefe de Governo, o deputado licenciado Adriano Galdino (PSB) disse que ficará a disposição de Ricardo Coutinho o tempo que for necessário. “Sou um parlamentar comandado pelo governador. Estou muito bem na Casa Civil, mas quando for mais útil voltar para a Assembleia irei com o maior prazer. Até porque fui eleito para ser deputado”, afirmou o socialista.

Adriano Galdino informou que não foi procurado pelo governador para tratar sobre o assunto. “Acho que só no momento oportuno é que Ricardo irá discutir essa questão conosco”, ressaltou o secretário. Com o retorno de Adriano à AL quem perde a cadeira é Francisco de Assis Quintans (DEM).

Quem deve sair

Além de Estela Bezerra, Marenilson Batista e Adriano Galdino, pretendem disputar um cargo eletivo em 2014: Ricardo Barbosa (secretário executivo do PAC), Aracilba Rocha (Finanças), o deputado licenciado Manoel Ludgério (PDT), que ocupa a secretária de Desenvolvimento e Articulação Municipal. Com o retorno de Ludgério à Casa de Epitácio Pessoa, o atual líder do Governo, Hervázio Bezerra (PSB), retorna à suplência.

@folhadosertao
com IN1

EDITORIAL

publicidade
banner 230x220 Honda 1

EVENTOS



publicidade

MAIS NOTÍCIAS

COLUNISTAS

Espaço Livre

ESPAçO LIVRE

Tempo e mudanças

Guilherme Carvalho - Doutor Online

GUILHERME CARVALHO - DOUTOR ONLINE

Menopausa: É possível viver com qualidade?

Dr. Paulo José  - Cirurgião Plástico

DR. PAULO JOSé - CIRURGIãO PLáSTICO

Mamaplastia de aumento (silicone mamário)



publicidade

TWITTER

Siga-nos redes
Twitter Facebook Google+ Orkut Canal Youtube

RÁDIOS

publicidade

  • Adesign
  • banner ampla
  • banner kaline
  • catete novo 1
  • China_patos
  • coco_verde_pousada
  • Elshaday
  • Emplacamento São José
  • Farmácia Center
  • lanches_saul 1
  • Onofre 120x130
  • salão valdeli
  • Selma Banner
  • Skol
  • SOFTEC 1
  • Supermercado Martins
  • tubo nego
  • Util_Baby
  • Zilma 120x130